Jornais

Gênero e Ideologia de Gênero: espinhosa relação.

Gênero, Identidade de Gênero e Ideologia de Gênero.

Conceitos inerentes à compreensão da natureza humana.

gênero, identidade sexual, identidade de gênero e orientação sexual.

Em nome do Pai

Folha de Londrina - 17/06/2014 Espaço Aberto

A Melhor Idade

Folha de Londrina - 09/02/2014 Espaço Aberto

Postura profissional X pessoal

Folha de Londrina - 15/12/2013 Espaço Aberto

Menino brinca de boneca?

Folha de Londrina - 03/11/2013 Espaço Aberto

Projeto aborda Sexualidade na Adolescência

Folha de Santa Catarina - 02/10/2013 - Saúde nas Escolas

Aborto e a Educação Sexual

Folha de Londrina - 10/07/2013 Espaço Aberto

A Pílula do dia seguinte

Folha de Londrina - 13/06/2013 Espaço Aberto

Vigiai vossas crianças

Folha de Londrina - 14/04/2013 Espaço Aberto

1  |  2  |  3  |  4  |  5

Conceitos inerentes à compreensão da natureza humana.

Postado por M. N. D. Figueiró - 13/08/2016

Conceitos inerentes à compreensão da natureza humana.
Mary Neide Damico Figueiró
Folha de londrina, Espaço Aberto,
13 de Agosto de 2016, p. 2.

Do ponto de vista da Psicologia, a identidade pessoal é composta por identidade sexual, orientação sexual, identidade de gênero e identidade social. Assim, uma pessoa se dá conta de quem é a partir de todos estes elementos e precisa estar ciente e em paz com cada um deles para ser verdadeira e feliz.
Crianças, por volta de três anos, comumente, já se reconhecem como menino ou menina. É uma identificação em nível psíquico, mental: é a Identidade Sexual que, na grande maioria das vezes, é corente com o corpo biológico. Entretanto, nem sempre é assim, pois pode nascer um menino com órgão sexual masculino, mas que se reconhece como menina. O mesmo pode se dar com a menina; trata-se de pessoas Transexuais. Desde pequenos, rejeitam seu órgão sexual e desejam modificá-lo. Nos documentos internacionais de diagnósticos, como a CID e a DSM, a Transexualidade é uma patologia. Contudo, alguns pesquisadores e pessoas Trans defendem sua não patologização, considerando-a, tão somente, um conflito identitário. Independente de a pessoa ter feito ou não cirurgia, ela é considerada Transexual se sua Identidade Sexual não é coerente com seu corpo biológico. Há casos em que essas pessoas não desejam ser operadas, mas lutam, também, pelo direito à documentação que as identifique de acordo com o sexo com o qual se reconhecem. Há pessoas que se denominam Nãobinárias, por não se reconhecerem nem como homem, nem como mulher. Seria uma terceira Identidade Sexual. Sei que isso é difícil para ser compreendido e admitido pela grande maioria.
A Orientação Sexual indica por quem a pessoa se apaixona e/ou sente-se atraída sexualmente e envolve a heterossexualidade, a homossexualidade, a bissexualidade e a assexualidade. Esta última refere-se às pessoas que não sentem desejo de ter relação sexual. A Orientação Sexual vai se definindo aos poucos. Comumente, por volta dos 8, 9 ou 10 anos, a criança homossexual se percebe diferente das demais de sua idade; entre 10 e 17 anos, aproximadamente, ela vai tendo clareza de sua Orientação. Não é opção, nem doença. Rapaz gay não quer ser mulher; sua Identidade Sexual é de homem. A mulher homossexual não quer ser homem; sua Identidade Sexual é de mulher. Um homem ou mulher Trans pode ser homo, hetero ou bissexual.
Para entender o conceito de Identidade de Gênero, é necessário saber que Gênero diz respeito ao modo de ser homem e de ser mulher, de comportar-se e de vestir-se de acordo com as regras que cada cultura vai determinando. Gênero tem a ver com a masculinidade e a feminilidade, e a Identidade de Gênero é o identificar-se com uma ou com outra. Por exemplo, há pessoas do sexo masculino, cuja Identidade Sexual é de homem (ou de homem e de mulher, ao mesmo tempo), mas que se identificam com a feminilidade, ou seja, sentem necessidade de vestir-se e comportar-se como mulher. Contudo, não rejeitam seu órgão sexual. Às vezes, usam silicone e ingerem hormônios. São as Travestis. Transgênero: termo adotado para abranger Transexuais e Travestis. Não se deve universalizar as características de ambos, mas o faço para efeito didático. Pessoas CIS -- Cissexual ou Cisgênero -- têm Identidade Sexual e Identidade de Gênero coerentes com seu corpo físico, o que diz respeito à maioria.
A compreensão desses conceitos é fundamental para subsidiar pais e mães no entendimento da diversidade sexual, a fim de que tenham a mente e o coração abertos para compreender e acolher filhos que fogem aos padrões predominantes. Temos visto famílias inteiras adoentadas devido à falta de conhecimento e ao preconceito cultural, e filhos ou filhas Homossexuais, Travestis ou Transexuais desintegrando-se da família, por causa do não acolhimento. Aceitar-se e assumir-se é importante para ser feliz, relacionar-se bem com os outros e ter saúde física e mental. Finalmente, Identidade Social, é o conjunto das demais características que nos definem. Ex: fulano é esposo, pai, pintor, patrão, avô, etc.


Mary Neide Damico Figueiró
Psicóloga, Doutora em Educação e Professora Sênior da UEL.

Postado por M. N. D. Figueiró - 13/08/2016 Imprimir
MARY NEIDE DAMICO FIGUEIRÓ @ 2012 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - idée publicidade & design

www.maryneide.com.br

idée publicidade & design